Planejamento Financeiro Passo 5 – Qual o Rendimento do Meu Dinheiro?

Tempo de leitura: 2 minutos

Qual o Rendimento do Meu Dinheiro?

Certamente você já conversou com algum amigo que entende de finanças, rentabilidade e voltou para casa se questionando “Qual o Rendimento do Meu Dinheiro? ”. Essa dúvida é comum para a maioria dos brasileiros. Culturalmente somos ensinados a consumir, e não a poupar ou, principalmente, investir.

Para conhecer o verdadeiro rendimento do seu capital é preciso saber para onde o mesmo está sendo direcionado. Caso não esteja sendo direcionado para local nenhum, começar a investir o quanto antes. Afinal, dinheiro parado é sinônimo de prejuízo em longo prazo.

Por Que Investir Agora?

Fazer os números aumentarem é um processo que depende de estratégia, tempo e dedicação. É necessário saber onde aplicar o dinheiro, por quanto tempo será necessário aplicar para receber os lucros desejados.

Poupar pode ser o primeiro passo para quem busca uma segurança financeira no futuro. Mas apenas isso não é suficiente para suprir os juros anuais, incluindo a famigerada inflação. É importante que o dinheiro seja bem aplicado para render mais.

O quarto passo do planejamento financeiro: clique aqui.

Onde Devo Aplicar Meu Dinheiro?

A melhor forma de saber “qual o rendimento do meu dinheiro” é buscando referências de investimentos e conversando com profissionais. Para cada indivíduo há uma forma de investir, pois as aplicações variam de acordo com as ambições de cada um.

Por exemplo, uma pessoa pode querer investir em ações de alto risco com Fundos de Ações, e assim tentar alcançar um lucro maior. Outros buscam segurança e estabilidade ao colocar o dinheiro em Fundos de Investimentos de Renda Fixa ou Tesouro Direto. Os investimentos que acompanham a taxa SELIC, como os Títulos do Tesouro, oferecem um rendimento “baixo”, porém garantem maior segurança.

Converse sempre com seu consultor qual a melhor forma de aplicar seu dinheiro e obter lucros efetivos. Nem sempre render bem significa render muito. Por vezes é preciso reduzir os ganhos para otimizar o reembolso, como em situações de investimento em curto prazo com os LCIs de bancos.

Técnicas Para Observar o Rendimento

O primeiro ponto para quem busca descobrir se o investimento está rendendo bem é realizar uma comparação com a taxa de inflação. Se o investimento está abaixo da inflação você está sendo lesado e deve recorrer à um novo investimento. Alguns tipos de investimento já possuem a taxa proteção à inflação, como os CDBs, os LCIs E LCAs.

Outra estratégia importante é observar a evolução de investimentos similares. Analisar por quanto tempo é viável permanecer no tipo de investimento atual. Um consultor irá realizar a orientação sobre quando e como comprar e vender títulos, de modo que os rendimentos futuros sejam sempre superiores aos anteriores.

O terceiro passo do planejamento financeiro: clique aqui.

Poupe e Invista Constantemente

A presença de um consultor é fundamental para garantir lucros. O consultor irá analisar onde seu dinheiro irá render mais. Mostrará também as estatísticas de ganho, para que então você decida qual a melhor escolha. Com estudo e tempo você aprenderá os mecanismos do sistema de investimentos e conseguirá observar de forma ampla as oportunidades fazendo com que seus investimentos gerem melhores rendimentos.

>>>Veja a série da V10 Investimentos sobre Planejamento Financeiro Pessoal

Passo 1 – Gastar Menos do que Ganha – a Importância de Poupar

Passo 2 –  A criação de uma Reserva Emergencial para sua vida financeira

Passo 3 – Proteção Familiar via Seguro de Vida e Previdência

Passo 4 – Investir Por Objetivos