Como economizar no material escolar?

Tempo de leitura: 2 minutos

As férias vem chegando e trazendo uma velha pergunta: como economizar no material escolar?

Junto com o IPVA, IPTU e matrícula no colégio, essa é uma despesa que pesa no orçamento de toda família.

Por isso, é importante ter um olhar cuidadoso, principalmente para evitar o começo de ano recheado de novas dívidas.

Economizar no material escolar: um dever de casa

Faz parte de todo bom planejamento financeiro a organização das contas para poupar e criar reservas para emergências.

Ou seja: economizar no material escolar vai ajudar a cuidar das suas finanças para todo o ano.

1. Reutilize materiais

Aproveite o material escolar do ano anterior. Existem muitos itens que podem ser reutilizados ou que ainda não perderam sua vida útil. É o momento de sentar com seus filhos para verificar o que pode sair da lista para o próximo ano.

2. Converse com pessoas próximas

Você também pode reutilizar materiais de amigos ou pessoas próximas que tenham filhos estudando. Essa dica vale para troca entre irmãos da mesma família. Em muitos casos, os livros utilizados pelos mais velhos podem ser reaproveitados pelos mais novos.

3. Faça listas

Uma dica antiga mas que ainda ajuda, e muito, quem quer economizar no material escolar. Depois de separar tudo o que é possível reaproveitar, faça uma lista de todos os itens necessários para não compras peças supérfluas e que vão acabar pesando no orçamento.

4. Divida o ano

Uma boa dica é separar suas compras em dois períodos do ano. A ideia é fazer duas listas, uma para o primeiro semestre, e outra, para o segundo. Muitas vezes, ao inflar as compras, muitos itens serão desnecessários no começo do ano ou nem serão utilizados pelos seus filhos.

5. Antecipe suas compras

Boa parte dos artigos – especialmente os de papel, como caderno e livros – está atrelada ao dólar. Em tempos de volatilidade da moeda, é comum que os preços subam de um mês para o outro. Por isso, antecipe suas compras. Você se protege das altas e aproveita estoques com valores melhores.

6. Faça reservas

Quando você antecipa as compras, pode aproveitar, também, boas promoções. A grande maioria dos livros didáticos chegam às lojas na segunda quinzena de janeiro. Se ainda não estão disponíveis, pode-se reservá-los para aproveitar o preço baixo.

7. Procure o atacado

Produtos básicos, como lápis e canetas podem ser comprados em lojas de atacado com quase 90% de desconto. Por isso, fuja das lojas tradicionais do varejo e busque opções que possam te ajudar a economizar no material escolar.

8. Privilegie a internet

Se o atacado não for uma opção para você, tente realizar grande parte das compras via internet. Pesquisas indicam que, em média, compras pela internet são 25% mais baratas do que as realizadas em lojas físicas.

9. Envolva as crianças no processo

A educação e o planejamento financeiro devem começar desde cedo. Por isso, é importante envolver os seus filhos na escolha dos itens, mostrando que nem sempre o desejo pelo material escolar do personagem preferido é a melhor opção. Mostre a importância de valorizar o dinheiro e de fazer compras conscientes.

Anote todas as nossas dicas e faça o dever de casa. Você vai economizar no material escolar e se livrar das dívidas desnecessárias.

Quer incluir o planejamento financeiro na sua vida? Veja como aqui.